top of page
  • Foto do escritorAngola Comunicação

Ai ai ai... Mais Inteligência Artificial!

por Tamara Lopes | Angola Comunicação



Quem não lembra que em abril deste ano começaram a circular nas redes sociais imagens do Papa Francisco com looks contemporâneos e fashionistas? Mas no mesmo período ele estava internado com uma infecção respiratória. Se você não acompanhou essa história, vale a pena clicar acima para ver as imagens que são muito impressionantes de como parecem reais. As imagens foram produzidas por ferramentas de Inteligência Artificial (IA), termo que ficou muito comum no debate mundial, especialmente no primeiro semestre deste ano.


Várias outras imagens, como a do Papa, foram criadas inspiradas ou não em figuras públicas. Além da geração de fotografias artificialmente, conhecemos o tal ChatGPT que foi uma espécie de "porta de entrada" da IA. A ferramenta realiza produção de conteúdos sob medida a partir de breves comandos, também vem sendo usado muito como uma ferramenta de busca de respostas para muitos tipos de perguntas, além dele ser a base para muitas outras ferramentas de IA. Algumas pessoas inclusive começaram a falar sobre o quanto isso comprometeria as profissões ligadas à Comunicação.

A partir desse contexto, nós aqui na Angola Comunicação temos conversado muito sobre Inteligência Artificial. Nos organizamos para estudar e pesquisar mais sobre IA, além de conversar com mais gente sobre o tema.


Temos trocado muita informação, especialmente sobre a ética do uso dessa ferramenta, sobre direitos autorais, sobre como essas tecnologias podem também reforçar ideias preconceituosas e estereotipadas sobre determinados grupos sociais e também analisamos alguns casos para fazer essa reflexão a partir da prática.



Equipe da Angola Comunicação e convidadas reunida em formação sobre comunicação e IA | Julho 2023 | Foto: Olívia Godoy


Ao final, refletimos que IA se trata de uma ferramenta de trabalho, mas que não superará o trabalho de uma “inteligência orgânica”. Longe dos extremismos que surgem com as novidades tecnológicas, percebemos que essa novidade é muito útil em determinados contextos e que políticas de uso devem ser estabelecidas para garantir a autenticidade do nosso trabalho e para deixar os clientes a par da utilização dessas ferramentas.


Sobre Políticas de Uso, aqui no Brasil existe um modelo criado pelo “Núcleo - Jornalismo Inteligente sobre redes sociais” que se trata de “uma iniciativa que cobre o impacto das redes sociais nas vidas das pessoas, explorando desde os meios tradicionais de produção jornalística até novos formatos de conteúdo e tecnologia”.

Eles criaram parâmetros para guiar a utilização de IA e, assim como a gente, compreendem que essa tecnologia deve ser utilizada para contribuir com nosso trabalho e não para substituí-lo. Vale muito a pena dar uma olhada nessa e em busca de outras políticas de uso da IA. Você já tinha pensado nisso?


Hoje, por exemplo, nós da Angola Comunicação utilizamos IA para algumas relatorias de reuniões com clientes, sempre o consentimento de quem participa delas. Mas percebemos que é sempre necessário conferir esse texto para ajustar alguns erros que possam existir. O nosso olhar, humano, é essencial para as produções com IA, e acreditamos que ele continuará sendo essencial no seu uso.


Ao longo da história, o surgimento de novas dinâmicas de comunicação sempre causaram um certo estranhamento e até medo: quando a televisão surgiu, achavam que o rádio ia acabar e os radialistas não teriam mais trabalho; quando a internet surgiu, houve o mesmo medo em relação à televisão e os profissionais que nela trabalhavam. Todas essas profissões se atualizaram gradativamente às novas tecnologias e agora a IA poderá ser um suporte para várias áreas, auxiliando nos processos criativos de vários profissionais, mas acreditamos que jamais substituirá a autenticidade da mente humana.


E você, tem usado a Inteligência Artificial na sua dinâmica de trabalho? O que tem percebido? E se não usou ainda, o que mais gostaria de saber? A gente pode compartilhar mais sobre isso com você, na sua organização, formular uma formação com sua equipe, te apresentar algumas ferramentas que podem também ser úteis no dia a dia. Entra em contato com a gente!


3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page