Buscar
  • Catarina de Angola

As parcerias que construímos na angola comunicação

O desejo que eu, Catarina de Angola, tinha de colocar a angola comunicação no mundo só foi possível porque muitas pessoas acreditaram que junto. O desafio maior só começa, mas de forma especial aprestamos algumas das pessoa que foram parceiras e ajudaram e se dedicaram a colocar o projeto no ar!



Jesus Moura é Mulher Negra, Psicóloga há 34 anos, Psicoterapeuta na abordagem da Clínica Psicanalítica Antirracista do Espaço Ilê Psi, professora universitária e mestra em Psicologia. Pesquisadora e militante dos Direitos Humanos, Gênero e das Relações Raciais. Implantou e coordenou o Centro de Referência Clarice Lispector, no Recife, e o Centro da Juventude de Peixinhos, em Olinda. Coordena a Comissão de Direitos Humanos do Conselho Regional de Psicologia e integra a Comissão de Direitos Humanos do Conselho Federal de Psicologia. Contribuiu com provocações no processo de estruturação e identidade da angola comunicação. ⠀


Anna Terra é dona de casa, apaixonada por bichos, comida, café e boas histórias. Publicitária de formação, trabalhou em algumas das maiores agências de Pernambuco. Vê a comunicação como conexão e forma de expressão da essência, tanto das pessoas quanto das marcas. Em suas consultorias de comunicação, busca colaborar com o resgate da nossa habilidade natural de nos comunicar. E foi com essa sensibilidade que ela conduziu o planejamento estratégico da angola comunicação, nos alimentando com ideias e vivências. Alberto Saulo tem formação em design e especialização em filosofia. Há mais de dez anos trabalha com comunicação visual, desenvolvendo projetos junto a grupos artísticos, organizações sociais e setores públicos. Trocando experiências e compartilhando o pensamento de design, pois acredita no poder transformador que as imagens e as ideias podem ter. É dele o desenvolvimento da identidade visual da angola comunicação, que contou com um intenso processo de pesquisa e mergulho na nossa proposta.


Méle Dornelas é formada em publicidade e propaganda pela UFPE. Atua na comunicação popular desde 2011, período no qual passou por organizações da sociedade civil ligadas às temáticas da agroecologia, sociobiodiversidade, direitos de povos e comunidades tradicionais, feminismo e juventude. Usa a fotografia para fortalecer o discurso contra-hegemônico e como instrumento para a comunicação libertadora. São delas algumas das fotos que ilustram nosso site e redes sociais, traduzindo o que acreditamos em imagens. Felipe Miranda é graduado em publicidade/propaganda e design gráfico, com formação em criação de identidade visual pela Belas Artes de São Paulo. Está no mercado há oito anos e já passou pelas agências Morya e Plano B. Hoje tem um trabalho mais voltado para o branding digital. É dele a criação das nossas peças de lançamento, que traduzem o que queremos partilhar neste início de vida. Carlos Magno é médico veterinário e dedica sua vida a cuidar de pessoas. Mestre em Agroecologia pela Universidade Internacional de Andaluzia, na Espanha, há dez anos trabalha no Centro de Desenvolvimento Agroecológico Sabiá, organização que atua em Pernambuco, atualmente na coordenação técnico-pedagógica. Viaja pelo mundo para conversar com as pessoas e comer sua comida. Com uma visão inovadora, Carlos contribuiu, a partir da sua experiência em gestão, para estruturação do planejamento da angola comunicação.

Josiane Oliveira é profissional com vivência nas áreas contábil, atuando nas áreas fiscal, pessoal e tributária. Há 20 anos, trabalha com o escritório Ícone Contabilidade, tendo como principais clientes micros e pequenas empresas. Com suporte de orientação, acompanhamento e consultoria, presta acompanhamento em diversas áreas. Juntamente com a equipe da ícone, Josiane é responsável por nossa assessoria contábil. Para saber mais desse projeto que só me traz alegria, mas também desafios e um friozinho na barriga, é só acessar angolacomunicacao.com ou conversar comigo aqui no blog ou em catarina@angolacomunicacao.com

30 visualizações